como eliminar o chulé

O chulé ainda é visto como um tabu, mas não deveria ser! Com o nome científico de bromidrose nos pés, esse odor nada agradável é algo que todos estamos suscetíveis se negligenciarmos cuidados básicos no dia a dia. Esse incômodo não é uma doença, mas pode se tornar uma condição que causa situações desagradáveis na rotina. Mas, calma! Existem muitas formas de como eliminar o chulé, não sendo mais preciso passar por constrangimentos nas relações, ao ir comprar um novo calçado ou ao ficar descalço.

A seguir, vamos entender melhor como o chulé ocorre e mostrar 5 formas de eliminá-lo da sua vida definitivamente. Continue a leitura para conferir! 

Quais são as principais causas do chulé?

Normalmente, o chulé é causado por conta do suor excessivo na planta dos pés, o que leva a uma proliferação maior de bactérias e fungos que causam o mau cheiro. Mas, raramente, o suor pode estar relacionado também a condições médicas, como a obesidade, diabetes e hipertireoidismo.

Outras causas do chulé ou ações que podem piorá-lo são:

  • não ter uma higiene frequente e adequada da região dos pés;
  • estresse;
  • desequilíbrio hormonal;
  • esquecer de secar muito bem os pés após o banho;
  • utilizar a mesma meia por mais de 1 dia seguido.

Então, como evitar o chulé?

Ações que servem como prevenção desse problema são:

  • optar por calçados arejados;
  • conservar bem os calçados e nunca usá-los úmidos;
  • utilizar meias limpas e trocá-las diariamente;
  • secar bem os pés.

E como eliminar de vez o chulé?

Para quem já sofreu ou sofre atualmente com o chulé, essas são dicas valiosas para acabar com o mau cheiro frequente:

1. Corte as unhas e limpe os pés muito bem e com frequência

O primeiro passo é fazer o básico. Limpar os locais em que as bactérias se acumulam é essencial. O corte das unhas e a limpeza da pele morta eliminam boa parte dos agentes que causam o mau cheiro.

2. Em casa, fique descalço

Quanto menos você usar meias, menos tempo terão as bactérias e fungos para aproveitar da umidade e desenvolver o chulé. Por isso, sempre que tiver a chance, tire as meias que usou no dia e fique descalço.

3. Use desodorantes ou talcos nos pés

Os antitranspirantes são uma boa opção para reduzir a produção do suor na planta dos pés. Assim como os talcos, que atuam secando a região e mantendo uma boa saúde da pele. Portanto, vale a pena investir nessas opções!tipos de botas

4. Alterne entre os sapatos

A repetição de um mesmo calçado com muita frequência pode levar ao acúmulo de agentes do chulé. Por isso, se possível, escolha calçados mais arejados e use somente o tempo necessário, sem exagerar.

Bom, agora ficou mais fácil acabar com esse problema, não é mesmo? Com essas dicas de como eliminar o chulé, você sempre vai estar pronto para qualquer situação, sem constrangimentos!

Se você gostou desse post, sugerimos que você assine nossa newsletter! Assim, você não perde nenhum de nossos conteúdos sobre calçados, estilo, saúde e bem-estar. Até mais!

Decker Calçados
Decker Calçados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This